publicado por adm | Domingo, 09 Maio , 2010, 15:15

Mostra Mac 30 Anos aposta na reinvenção do metal, com cores tropicais. Arquitetos decoram 12 espaços com as tendências da coleção 2010, que tem salas de estar, jantar e áreas externas ainda mais modernas e versáteis

Rio - A Mostra MAC 30 Anos — acessórios e móveis — aposta na reinvenção do alumínio, agora com tons vibrantes. Peças com desenho arrojado marcam a estreia de um novo conceito de loja. A rede está há três décadas em cidades mineiras e chegou há três anos e meio no Rio. Profissionais como Cadas Abranches, Pedro Paranaguá, Duda Porto, Ana Luiza Rothier e Caco Borges assinam 12 ambientes expostos em mil em metros.

Há espaços como sala de estar e spa — projeto do arquiteto Erick Figueira, criado com a finalidade de trazer bem estar e relaxamento para momentos de estresse. O ambiente é todo em tons de azul e branco e segue uma tendência da moda — o estilo navy.

“Estamos fazendo um produto de vanguarda. A nova linha tem muita chapa de alumínio em tons vibrantes. São móveis bonitos, funcionais e ultra resistentes, inspirados no design italiano contemporâneo, mas com o nosso colorido tropical”, explica Marcio Assunção Cecílio, designer e proprietário da marca.

O diretor da Mac, Artur Fernandes, ressalta que o alumínio — aliado com outros elementos, como a madeira — faz a diferença e será visto em vários projetos da mostra. Segundo ele, a empresa produz em seu parque industrial móveis exclusivos em alumínio, fibra sintética e madeira Cumaru, com certificação do Ibama. O evento funciona de segunda a sexta-feira, das 9h30 às 20h, na Avenida das Américas 14.533. Aos domingos e feriados, a mostra estará aberto das 13h às 19h. Entrada é gratuita.

fonte:http://odia.terra.com.br


publicado por adm | Quinta-feira, 06 Maio , 2010, 23:33

A Coca-Cola pretende ampliar seus negócios no Piauí, agora com a implantação de uma fábrica para produção de latas de alumínio. O projeto foi apresentado por executivos da Norsa, controladora da Coca-Cola no Nordeste, ao secretário da Fazenda do Estado, Silvano Alencar. A empresa deseja fazer parte do programa de incentivo fiscal para atividades inovadoras no Estado - como é o caso da produção de embalagens de alumínio.

O projeto representa um investimento inicial de R$ 20 milhões, conforme o planejamento desenvolvido pela Norsa. A fábrica de latas será instalada no polo da Coca-Cola no Piauí, na zona Norte de Teresina. A apresentação do projeto aconteceu em reunião na Secretaria da Fazenda do Estado, da qual também participaram o superintendente da Receita Estadual, Emílio Júnior, e o diretor da Unidade de Administração Tributária (Unatri), Paulo Roberto de Holanda.

Durante o encontro, também foram solicitados os benefícios fiscais e industriais para a implantação da indústria. “Para o Estado do Piauí, a vinda desta nova indústria produzirá novos empregos, diretos e indiretos, aumentará o consumo de bens como combustível, e representa maior poder aquisitivo para a população piauiense. A indústria trará grandes resultados para a nossa economia”, comenta o secretário da Fazenda, Silvano Alencar.

No Piauí, existe a lei 4859/96, que possibilita a concessão de incentivos fiscais, dispensa do pagamento do ICMS para as agroindústrias instaladas no Estado.

Com a possível instalação de uma nova indústria ligada à Coca-Cola, seu polo industrial ganhará novas dimensões no Estado, trazendo maiores benefícios econômicos.

O projeto passará por estudo na Comissão de Desenvolvimento Econômico (Coden), órgão da Secretaria da Fazenda, responsável pela análise e aprovação dos incentivos baseados no levantamento dos benefícios trazidos com a instalação da nova indústria.

fonte:www.tvcanal13.com.br


pesquisar neste blog
 
links
subscrever feeds