publicado por adm | Sexta-feira, 06 Setembro , 2013, 00:13

Um edifício em Londres é acusado de ter derretido partes de carros estacionados perto dele. Conhecido simplesmente pelo seu endereço - 20 Fenchurch Street - o edifício é um arranha-céus situado no coração da City, a zona financeira. Revestido de um alumínio especial e com uma curvatura distintiva, parece que reflecte os raios do sol aumentando-lhes a intensidade seis vezes.

O dono de um automóvel diz que se aproximou do mesmo e começou a sentir cheiro a pneus queimados. Quando foi ver, não eram só os pneus. Também o plástico das janelas, e as próprias garrafas dentro do carro, pareciam que tinham sido cozidas. Não é coisa que se faça a um Jaguar.

Os responsáveis já indemnizaram pelo menos uma pessoa, e provavelmente mais. Dizem que estão atentos às preocupações. Mas recusam interromper a construção. Não se interrompe assim um edifício de 34 andares e 200 milhões de libras. Para já, a principal medida preventiva foi retirar os três parques de estacionamento que se encontravam à volta. 



fontes: http://expresso.sapo.pt/


pesquisar neste blog
 
links